Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.mj.gov.br/handle/1/7633
Authors: Afonso, João José Rodrigues.
Title: Polícia: etimologia e evolução do conceito
Other Titles: Police: etymology and evolution of the concept
Policía: etimología y evolución del concepto
Issue Date: 2018-01
metadata.dc.publisher.source: Revista brasileira de ciências policiais, v. 9, n. 1, p. 213-260, jan./jun. 2018
Publisher: Academia Nacional de Polícia
metadata.dc.type: Artigo de revista
Abstract: A palavra polícia tem um longo percurso onomasiológico. Nasce na Antiguidade Clássica greco-romana, com o vocábulo ‘politeia’ dos gregos e ‘politia’ dos romanos, com o significado de go erno da Cidade-estado. Na Idade Média, o conceito de polícia evoluiu para significar a boa ordem da sociedade civil, promovida pelo príncipe. Na Idade Moderna, com a emergência das teorias absolutistas do Poder, o conceito de polícia passou a designar toda a atividade do Estado tendente ao bom governo da nação e à ordem pública em geral. O direito policial (jus politiae), entendido como a ciência de governar os homens, constituía o meio através do qual o príncipe atingia o fim eudemonológico do Estado: a felicidade da nação. Com o fim do Antigo Regime e a introdução dos valores liberais, o conceito de polícia tomou um novo rumo, reduzindo-se às dimensões de garantia da segurança pública para o exercício dos demais direitos e liberdades. O Estado de direito ajustou-o aos seus princípios dogmáticos. Assim nos chega o sentido atual de polícia.
Keywords: Polícia
Etimologia
Semiótica
metadata.dc.description.other: Inclui notas explicativas, bibliográficas e bibliografia.
Appears in Collections:Revista Brasileira de Ciências Policiais - RBCP

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RBCP_N9_P213-260.pdf6,62 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.